Como lutar



Como lutar
se não há força pra superar
Como lutar
sem poder falar
Como lutar
se já perdi o brilho no olhar

Só resta esperar
se não há força pra lutar
Só resta esperar
se palavras não vão adiantar
Só resta esperar
se um dia o brilho no olhar vai voltar

Como lutar...
...se só resta esperar!

                                      

Flores de Ferro



Flores de ferro

Mundo vermelho
Rosas murchas secam ao vento
Esmagadas por seus monstros de ferro
No céu pássaros livres, voando aos ventos
Agora pássaros de ferro
Despejam bombas sobre nós

Quero viver
A liberdade não existe mais
Pois agora suas asas, perdem suas penas

Antes
Crianças livres a cantar
Agora são apenas
Anjos tristes a rezar
Seus tremores despedaçam
Os pilares do paraíso
E governantes que se acham Deuses
Decidem que flores devem murchar

E mesmo assim
Flores de ferro
Sobrevivemos ate então
Até então...
Até então...


                                        
 


Das cinzas


Somente uma vez
vou dizer o que eu sinto
vou dizer o que eu penso
abrir meus sentimentos
confessar os meus desejos

Ontem você me disse o que sentia
a dor que estava enfrentando
Disse: _Eu não sei o que fazer
          _Eu não sei como enfrentar

Em meus braços se entregou
não tinha mais com quem contar
Disse: _Eu quero esquecer
          _Quero apenas te amar
E a acolhi em meus braços
chorei junto com você
usei meu coração para
acabar com sua solidão

Hoje você esta forte
a fragilidade passou
Seu coração como uma fênix
ergueu-se das cinzas
e se ocupou com outro amor
Meus sentimentos agora vejo
que demonstrei à toa
você se ergueu e me esqueceu
só me deixou a solidão

                             

Só mais uma chance


Tento seguir os seus passos
Mas não sei onde vão dar
Meus olhos estão vedados
Deixo a paixão me guiar

O amor nem sempre é sincero
Dessa vez não quero me machucar
Dizem que eu sou louco
Por te dar mais uma chance
Mas só eu sei do meu sentimento
Não consigo dizer não ao desejo
Não me faças o que eu
Não faria pra você
Eu só quero te beijar
Sentir suas mãos a me acariciar
As portas podem ser abertas
Mas apenas pra quem tem a chave
E eu não sei se essa chave
Você vai ter de novo

Tento seguir os seus passos
Mas não sei onde vão dar
Meus olhos estão vedados
Deixo a paixão me guiar

                  

Máscaras





A mente humana nem sempre é fácil

Pessoas atuam de modo errado

Teatro da vida nem sempre é grato

Hoje sou apenas um, hoje sou apenas eu

Mas como em um passe eu vou ser

Milhões de personagens, posso ver



Mas não vou ser personagens

Mas não vou ver personagens

Pois agora eu tenho você

Pois agora eu posso crescer

Com você eu vou crescer



Agora eu tenho o seu amor

E com ele meus sentimentos vão florescer

Teatro da vida nem sempre é grato

Mas agora eu tenho você

                     

Você pode até partir




Quando olho pra você

sinto que algo mudou

onde esta aquela paixão

será que tudo acabou



Não pode ser 

me diga porque tem de ser assim

quero saber

porque você me trata assim



se você pensa em alguem

tenho o direito de saber

se é pra ter você

eu te quero pra valer

e não é só o seu corpo

o que eu quero é o seu coração



te amo

você pode ate partir

te amo

tudo pra te ver feliz

te amo

                       

Futuro incerto



Futuro incerto

hoje me perco nas palavras
sem saber ao certo o que dizer
tenho tanto o que temer
prevendo os dias que virão

penso em um futuro incerto
o que ainda não fiz
porque ainda não fiz
o que pode ser feito

futuro!
futuro...
futuro?

                                  

A tempestade


A tempestade

Um dia me disseram
são apenas gotas no ar
e o que de início eram gotas
vi uma tempestade formar

Então um dia me disseram
a tempestade vai acabar
diminuindo a cada gota
com o tempo ela vai passar

Mas o que nunca me disseram
é quanto tempo vai durar
e se ainda vou estar forte
quando a tempestade passar



Cega paixão


Você me olhava tanto e eu não percebia

Por muitas vezes demonstrou o seu amor

deixou revelar sua paixão e eu não dei atenção



Eu esbanjava meu amor com quem não merecia

sem perceber que ao meu lado vendo isso você sofria

O ano se passou eu perdi o seu contato

e não tenho como lembrar não tenho ao menos o seu retrato

Agora eu sei a falta que você me faz

mas agora não adianta é tarde pra voltar atrás


Agora sei o que é o amor

Agora sei o que é a paixão

Mas foi tarde para descobrir

Só fui descobrir com a solidão
                                  

(00:36hs)



(00:36hs)

Acordado durante a madrugada
vejo os minutos passarem.
Sinto a suave brisa no rosto
e tento entender...
... o que é a felicidade.
Momentos tão simples
trazem a felicidade
O labrador ao meu lado
que abana o rabo
Pelo simples fato de receber um olhar.
Sinto a brisa novamente
Pequenos momentos...
Pequenas sensações...
tornam a vida tão simples.
Será?
Não tente entender;
Apenas sinta...

                             

DESPEDIDA



DESPEDIDA

Últimas palavras
últimas lembranças
Palavras que talvez
não possam ser escritas
Lembranças que talvez
agora serão esquecidas

Como últimas palavras
deixo aqui o meu perdão
e um pedido de desculpas
pelos dias que virão

Se errei, erramos juntos
eu queria recomeçar...
...mas só se vive uma vez
E minha vida igual o amor
acaba de se esgotar...

                   

Apenas Passado


Apenas Passado

Olha
como tudo mudou
as noites não são como antes
Olha
como tudo mudou
mas agora está tão claro
Vida
Com o tempo desgastou
tudo muda, tudo passa
Vida
com o tempo desgastou
como secam as gotas de orvalho

As noites não são como antes
mas agora está tão claro
tudo muda, tudo passa
como secam as gotas de orvalho

Ainda iremos nos encontrar



Ainda iremos nos encontrar

Não me sinto bem
estou longe de você
Não consigo te esquecer
tirar do meu coração
tentar te esquecer
é a mais pura ilusão
Eu não quero mais dormir
em meus sonhos você aparece
a minha solidão aumenta
aumenta quando anoitece

Nosso amor é eterno
não vou mais pensar em nada
meu sentimento é sincero
pra sempre vou amá-la

Ainda guardo sua foto
ao lado do travesseiro
e sempre que eu acordo
é você quem vejo primeiro
Hoje alguém me disse
que um dia iremos nos encontrar
que esta é apenas uma passagem
a morte não vai nos separar

Nosso amor é eterno
não vou mais pensar em nada
meu sentimento é eterno
para sempre vou amá-la

                  

Dor do Amor



Dor do amor

Amor...
Será mesmo o amor
algo assim tão bom?
será mesmo o amor
ferida que dói e não se sente?
Amar pode até ser bom
mas só quando se é amado
Como posso te beijar
Como posso te tocar
sendo você imune ao meu toque
sendo você imune aos meus lábios
O amor é ferida
F
erida que dói...
... e se sente sim
Pode até com o tempo passar
mas a marca sempre vai ficar
O amor feri
O amor dói
Mas é melhor a dor do amor
do que a dor de nunca ter amado.

                  


A estrada


A estrada

Sempre procurei
o que não estava perto
Sempre desprezei o que estava
ao alcance de minhas mãos
Sempre procurei
achar explicação
Sempre desprezei quem tentava
me ensinar o que era certo ou não

Muitos anos se passaram
e agora sinto falta
A consciência do certo e errado
agora bate em minha porta
Não tenho mais tempo pra nada
A estrada a qual segui
não aparece em seus mapas

Eu vou voltar...
assim que puder
chegar.

Com quem contar



Com quem contar

Ontem senti a dor
que há muito não sentia
Senti uma fragilidade,
que até então desconhecia

A solidão me acolheu
e o medo da perda em dominou
Neste momento de desespero
sem ter com quem contar,
lágrimas escorriam em meu rosto
e o medo dominava meu olhar

Mas neste momento você surgiu
e demonstrou sua amizade
Sentiu o peso de minha dor
e me ajudou a enfrentar

A fragilidade passou
agora sei com quem contar
Não tenho palavras pra agradecer
mas pode ver em meu olhar
E quando precisar de mim
com certeza vou estar lá!

                

Marcas da dor


Marcas da dor

Seus olhos brilham no vazio
e seu sorriso vaga na imensidão
No rosto o peso da perda precoce
Expressa as marcas de uma derrota
Mas sua derrota não é solitária
Sua perda não é solitária
Meus olhos derrubam suas lágrimas,
sentindo um falso sorriso na imensidão
Sinto em meu rosto o mesmo peso da perda
A perda que não expressa as mesmas marcas
Não expressa as marcas de uma derrota
Expressa sim as marcas de sua dor
Marcas que compartilho agora

                

Após o tempo (duas e quinze)



Após o tempo
(duas e quinze)

Sinto meus olhos cansados
lembro então do meu passado
Nem percebo o tempo passar
mas me recordo de cada passo
O tempo não pára
Não é assim que lembraremos desta data
Sonhos vêm, sonhos vão
Sonhos sempre certos ou não
O tempo não volta
Por isso vou recordar
e lembrar da beleza de seu olhar
Amanhã você volta, eu sei
O tempo não vai voltar
Mas vou estar com você
e os dias vão continuar